Quem sou eu

Minha foto
Gravataí, Rio Grande do Sul, Brazil

Bem vindo amigos

A criação deste Blogger tem como objetivo divulgar a minha criação de canários e metodologia de criação. Assim como servir de instrumento para troca de informações entre os criadores e apaixonados.Também uma forma de ajuda para os que estão iniciando na criação e divulgar alguns dos conhecimentos adquiridos ao longo do tempo,,, Que já é quase uma vida.
Os meus objetivos na criação é de sempre buscar o modelo standard dentro de cada COR ou Porte e em virtude desta busca ter um plantel cada vez melhor.

Manutenções dos Canários

Lista dos índices dos assuntos
  • Corte das unhas
  • Preparação dos canários para os concursos.


Corte das unhas dos canários.




O corte das unhas dos canários devem ser feitas principalmente quando juntamos os casais na época dos acasalamentos. Esta prevenção é para evitar a quebra de ovos no ninho ou até mesmo de evitar que os canários fiquem com as unhas presas no ninho. Algumas canárias após ficarem com as unhas prensas no ninho se negam e utilizá-los e começam a postura nos potes e no fundo da gaiola.
Para efetuar o corte é simples, pegue uma tesourinha ou cortador de unhas e efetue o corte a partir do ponto 2 da figura. Se houver problemas de localizar o ponto final dos vasos sanguíneos localizados dentro da unha, coloque a unha contra a luz  que fica mais fácil de visualizar. Caso ocorra sangramento após o corte da unha, este pode ser estancado pelo processo antigo de cauterização, funciona da seguinte forma; acenda um palito de fósforo e apague logo em seguida e rapidamente encoste a ponta queimada do fósforo na ponta da unha cortada que este sangramento logo irá parar.   

Preparação dos canários para os concursos.
De março em diante devemos ir separando os filhotes que deverão ser inscritos nos concursos.  Na primeira fase da seleção dos canários, devemos dar uma olhada geral nas patas e na plumagem. Nesta fase podemos retirar algumas plumagens desgastadas e quebradas, não devemos retirar todas de uma única vez, podemos ir retirando um pouco de cada vez, isto pode ser feito até 40 dias antes dos concursos. Por que  40 dias? Por que é o tempo que leva para crescer a maior pena da plumagem de um canário, as penas do rabo. Lembramos que nos canários com fator quando retiramos algumas penas, somos obrigados a servir a farinhada com corante até a época dos concursos, para que as novas penas tenham as mesmas colorações das demais. Nos canários da  linha negra o risco das retiradas das penas é de que as novas penas surjam com a extremidade branca. Nas patas deve ser aplicado qualquer creme para limpeza de pele. Também devemos limpar a anilha de identificação da ave.
Uma semana antes dos concursos, coloco os canários da linha negra de dez em dez  nas voadeiras e os lavo com pulverizador com água e shampoo para uso infantil, logo em seguida os seco com uma toalha de papel e os coloco em uma voadeira ao sol com proteção do vento para secar a plumagem. Se for utilizado o secador de cabelos para secar os canários, este processo tem que ser feito com uma semana de antecedência do concurso, devido ao fato do secador de cabelos descompactar as penas e tornando o conjunto de penas mais volumoso, que é o contrário do que se deseja apresentar para os juízes, mas em alguns dias as penas voltarão ao normal.  Quando as penas dos canários estiverem secas devemos revisar para ver se não ficou com alguma sujeira ou mancha nas penas. É sempre bom passar uma escova de dente macia com água e shampoo nas penas das pontas das asas e nas penas da ponta do rabo. O rabo dos canários devem conter em torno de 12 penas. Devemos cuidar para não utilizar o sabão de COCO e produtos Anilados para a lavagem dos canários, pois estes produtos podem ser identificados no teste das luzes e os canários podem ser desclassificados e o criador pode sofrer penalizações. Os testes das luzes são mais utilizados para o julgamento dos canários brancos. 

Felizmente eu  não crio canários lipocrômicos sem fator ou com fator e fundo branco, onde os banhos são mais frequentes e com os objetivos de alcançar a pureza da cor. Estes processos dentro da  canaricultura  esta se tornando uma ciência. São semelhantes aos fatos que vemos hoje nos esportes olímpicos, que para superar as marcar mundiais os atletas utilizam recursos científicos  “produtos” que aumentem as suas capacidades musculares sem serem pegos pelas fiscalizações de dopping. A canaricultura esta indo para o mesmo caminho, ou seja pela falta de ética de uma minoria e estamos diante de um pensamento que esta tomando forma, que é; “Se o juiz não consegue ver, é válido”.


Etapas de Preparação.

Cada criador tem o seu manejo para preparar os canários para os campeonatos. Vou expor a minha forma de prepará-los.
Encerrado o período de produção, em meados de janeiro. O criador espera a primeira deplumação dos filhotes, que começa em torno dos 50 dias de vida. Quando termina a deplumação, geralmente no final de março, o criador começa selecionar os canários com potencial para irem para os concursos.
Os critérios utilizados na primeira seleção  são;

  • Padrão das penas.
  • Tamanho e forma do canário.
  • Atende a envoltura exigida em relação a linha de cor.
  • Na linha negra, profundidade da oxidação e a quantidade de distribuição desta oxidação das penas.
  • Na linha negra, oxidação das patas e unhas.
Os canários selecionados, devem ser colocados em gaiolas com ótima pintura, para não danificar as penas. Estas gaiolas devem ser espaçosa e muito limpa. Lembre-se que a ferrugem das gaiolas velhas, interferem na cor das penas e a abrasividade das grades agridem as penas maiores.
Os canários devem ser divididos em grupos pequenos e de uma mesma linha de cor. O criador deverá ficar atento quanto a debicagem de penas. No primeiro sinal de um canário puxador de penas, este deve ser isolado do grupo e colocado em uma gaiola individual. Podemos colocar até 3 canários por gaiola de 70cm ou até 8 canários em gaiolas de 1m.
A alimentação deve ser rica em proteínas e carotenos. As sementes oleoginosas devem ser oferecidas sob administração do criador. Banheiras com água, quanto mais frequentes melhor. A incidência da luz solar sobre a gaiola, deve ser controlada, exceto para os canários brancos.  

Os canários selecionados serão avaliados periódicamente nos quesitos;

  • Quanto a capacidade do fígado em  transformar o caroteno ingerido na alimentação, em uma boa    pigmentação lipocrômica.
  • Qualidade das penas.
  • Forma do corpo da ave.
As manutenções a serem feitas neste período;
  • Retirada de algumas plumas indesejadas.
  • Controlar a utilização dos carotenos na alimentação, para que os canários cheguem com a cor lipocrômica correta no período das competições. Para os canários de linha negra, devemos fornecer alimentos oleoginosos para aumentar o brilho das penas escuras.
  • Evitar a incidência da luz solar para os canários selecionados, exceto para os canários brancos.
  • Retirada de algumas penas indesejados. Devemos ter muito cuidado em remover as penas das asas e rabos. Sempre deve ser removida no mesmo sentido que estão, pois se forem removidas indevidamente ou seja, arrancadas puxando para os lados, elas nascerão tortas. Lembre-se que   estas penas, levam em torno de 40 dias para chegar ao tamanho normal. Para os canários da linha negra a retirada das penas grandes é um problema, pois pode vir uma pena branca. A pena guia da asa é fundida no osso, por este motivo não tente retirá-la.  
  • Controlar os fatores que inibem a fixação ou redução das cores melaninas e lipocrômicas. 
    • A luz solar enfraquece a cor lipocrômica, exceto para os canários brancos.
    • O excesso de vitamina "A" na alimentação, faz com que o fígado da ave, reduza a produção de pigmentante da gordura.
    • O excesso de calor dentro do canaril, reduz a formação das cores melanicas.
Manejo faltando 30 dias para os concursos;
  • Seleção dos canários que irão para os concursos. 
  • Dentro dos 15 dias faltantes do concurso,  escolhemos um dia de temperatura agradável, para lavar os canários manualmente. Jamais, dê banho manual nos canários, faltando dois dias para início das competições. Nunca utilize secador de cabelos para secá-los, utilize o papel toalha. 
  • Após o banho, deixar secar no sol da manhã. 
  • Após o banho, não servimos mais verduras penduradas nas grades da gaiola, até o término dos concursos.